'/> CETADEB Londrina - Califórnia. Teologia ao alcance de todos. Básico, Médio e Avançado.: Março 2013

23 março 2013

A Dança dos Papas

A renúncia do Papa é inédito ou já aconteceu antes?

Quando um homem se torna papa, é para toda a vida, a menos que ele decida renunciar. O atual Código de Direito Canônico prevê uma situação em que o Papa pode renunciar: "se acontecer que o Romano Pontífice renuncie ao cargo, para a validade requer-se que a renúncia seja feita livremente, e devidamente manifestada, mas não que seja aceite por alguém" (n. 332 § 2).
É o papa quem promulga o Código de Direito Canônico, e ele teria a capacidade de renunciar mesmo que o direito canônico não estabelecesse alguma norma.
Há pelo menos outros quatro exemplos de papas que renunciaram. A história dos dois primeiros se cruza. Teofilato de Túsculo tornou-se o Papa Bento IX, em 1032, aos 20 anos de idade, por influência política de seu pai. Em 1045, renunciou por uma grande soma de dinheiro, entregando o papado a seu padrinho, um sacerdote chamado Giovanni Graziano, que se tornou o Papa Gregório VI. Pouco mais de um ano depois, em 1046, um sínodo de bispos acusou Gregório VI de simonia (o pecado de comprar ou vender um bem espiritual ou eclesiástico) e também ele renunciou.
O terceiro exemplo é o de Pietro da Morrone, nascido em uma família pobre, tendo-se tornado monge beneditino aos 17 anos e depois se ordenado sacerdote. Por muitos anos, levou uma vida ascética muito disciplinado, inspirada em São João Batista. Após os 12 cardeais encarregados da tarefa de eleger um novo papa, depois da morte de Nicolau IV, não terem conseguido chegar a um acordo sobre um candidato por mais de dois anos, Morrone enviou-lhes uma carta afirmando que Deus enviaria um castigo grave sobre a Igreja, se eles não escolhessem o novo papa em quatro meses. Impelidos a agir, os cardeais elegeram Morrone por unanimidade como papa. Ele aceitou, foi ordenado bispo (era apenas sacerdote) e tornou-se o Papa Celestino V, em julho de 1294.
No entanto, depois de cinco meses, e após uma série de decisões infelizes, convenceu-se de que Deus o chamava de volta para a vida de eremita. Uma vez que alguns membros da Igreja ainda tinham dúvidas quanto a saber se um papa podia ou não renunciar legitimamente, ele emitiu um decreto confirmando essa possibilidade, e renunciou em dezembro de 1294. Seu sucessor imediato, o Papa Bonifácio VIII, temia que Celestino V pudesse ser uma ameaça ao seu poder. Bonifácio mandou prender Celestino, que acabou morrendo na prisão. Alguns anos mais tarde, após a morte de Bonifácio, Celestino foi canonizado pelo Papa Clemente V.
A última vez que um papa renunciou foi no século XV. Quando Gregório XII foi eleito após a morte de Inocêncio VII em 1406, houve outra pessoa que dizia ser papa, em Avignon (França). O antipapa francês estava criando uma grande confusão na Igreja. Quando foi eleito, Gregório XII concordou que renunciaria se o antipapa francês fizesse o mesmo, permitindo que a Igreja elegesse um novo papa. Após muitos anos de impasse, apareceu um outro antipapa. Por fim, a situação foi resolvida quando Gregório XII convocou o Concílio de Constança e renunciou. O Concílio depôs ambos antipapas e elegeu um novo papa, Martinho V.

Aleteia

contador free

 

16 março 2013

O Fim do Mundo - O Fim sem Fim

A Torre de Vigia passou todos os limites de bom senso, senso crítico e discordância da Palavra de Deus. Soube com bastante atraso que os líderes desse grupo resolveram acabar com o mundo no ano de 2034, conforme revista A Sentinela, de 15.12.2003, página 15, parágrafos 6 e 7. 

Como todos já sabem, a Torre marcou o fim de todos os sistemas mundiais, notadamente do Cristianismo e de todos os cristãos para os seguintes anos: 1914, 1918, 1920, 1925, 1975 e, agora, 2034. A cada profecia não cumprida, esses líderes assinam o próprio atestado de inidoneidade teológica. Isto é, estão despreparados para entender as Escrituras e para ensino. Ao Redor da Jaboticabeira  

Mais uma vez, então, volta a tona esse assunto que nos rende muita matéria para ler, acreditar, desacreditar, rir, zombar, gozar mais ainda a vida, colocar as coisas em ordem,  pagar as contas, fazer mais conta ainda, realizar um grande sonho. Tudo isso, por causa de uma grande dúvida, medo e até alegria para muitos, mas será que deveria ser assim?


Entendendo: Fim do Mundo, Fim do Planeta Terra ou Fim das pessoas?

Fim do Mundo - Deus criou o mundo e tudo que dentro dele há ou existe. - Gênesis. Então se o mundo acabar dia 21 como dizem, tudo se desfará e não temos tempo a perder. Céus e terra desaparecerão, coisas materiais da terra, o sol, a lua  e as estrela,  também não existirão mais,  não existirá nem mais o local onde estão hoje, nem vácuo, nem tempo, nem o vento existirá mais.Que terrível, mas quando Deus criou Ele disse que tudo era bom.

Fim do Planeta Terra - Será que somente a nosso querido planetinha vai ser destruído? Será que é por isso que estão procurando um outro lugarzinho na periferia do imenso e lindo universo para colocarmos o nosso pés? Será que alguem sabe algo e não nos disse nada? Dizem que, quem está destruindo a terra é o próprio homem que não tem cuidado bem de sua casa, terra água e ar, estão sendo destruídos pelos maus tratos e pela ganancia, será? Será que só ela vai ser destruída. A bíblia diz que virá um dia em  os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.

Fim das pessoas - Aparentemente, as pessoas tem seu fim quando morrem mas, será? Corpo, Alma, Espirito. Corpo, talvez, mas será que é  para sempre? O espirito, a bíblia diz que volta para Deus, e ai?
A alma, entendo que é o homem na sua totalidade, que representa sua existência consciente, sua memoria, seus sentimentos, suas decisões, suas angustias, seus medos,  seus erros e acertos. Então, corpo mais espírito = alma vivente. E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. Gn 2:7.

O homem foi criado. pecou e peca até agora e morre, aparentemente finda-se uma vida.Outros nascem pecam e morrem e finda-se mais vida e mais e mais. Para esses, o mundo já acabou nada sentem nada sofrem, nada decidem. Mas, quem findou-se foi apenas o corpo, que é  parte de uma alma vivente, ou seja, parte de um homem total. O espirito ainda existe, aquele que voltou a Deus, a alma como muitos dizem, está em algum lugar, onde será? Espíritos não morrem. Existência consciente,  memoria, desejos,  sentimentos,  decisões,  angustias,  medos,  erros e acertos onde estão guardados. Na sua mão está a alma de tudo quanto vive, e o espírito de toda a carne humana. Jó 12:10.

Não se enganem, nem deixe que ninguém te engane. A morte não é o fim.

Um dia esse corpo que voltou ao pó, se tornará novamente corpo, alma e espírito, para que o homem na sua totalidade, receba o que fez por merecer, ou seja bem ou mal. Ele se tornará consciente daquilo que fez quando em vida terrena. Não será enganado qualquer que seja seu destino. Dirá: estou indo para junto de meu Pai por que combati um bom combate, ou, estou inda para... por que não combati um bom combate.

Fim do mundo, sim existirá o fim deste mundo repleto de maldade, egoismo, violência e pecados grosseiros. Virá então, um novo céu e uma nova terra totalmente pura.

Mas quando será isso? Respondo a essa pergunta com a maior certeza do mundo. Não sei, ninguém, sabe e ninguém poderá saber, por enquanto.

Por enquanto? É.
A bíblia nos informa em Mateus 24, que ninguém sabe o dia da sua volta, portanto o dia do fim do mundo também não. Mas, se estudarmos as profecias bíblicas, poderemos nos aproximar deste grande maravilhoso e terrível dia. Maravilhoso para quem combateu um bom combate, terrível para quem não combateu um bom combate.

Vejamos então: Estudando a bíblia, entendemos que  em Mateus Cap. 24:14 diz: E esse evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.
Esse evangelho do reino, é as boas novas da salvação no Messias, com enfoque no reino messiânico que está para ser estabelecido. Esta mensagem percorrerá  todo o mundo durante a Grande Tribulação, por meio das duas testemunhas (Ap. 11:3-12) e os 144.000 selados remanescestes de Israel (Ap. 7).
Virá o fim, é o fim das coisas que conhecemos, o fim deste mundo literalmente, mas não imediatamente.

Vejamos então a cronologia até chegarmos a esse fim.

Tempo presente - Hoje agora.

Arrebatamento da Igreja, 1ª Etapa da Volta de Jesus. Jesus nos ares buscando sua noiva, a Igreja. Quando, ninguém sabe, mas nada falta para isso ocorrer, é um fato iminente. Pode ocorrer a qualquer momento, lembrem-se Jesus ressuscitou nos primeiros minutos do terceiro dia. Morto na sexta-feira = um dia, permaneceu sábado na sepultura = um dia, ressuscitou nos primeiros minutos do terceiro dia = um dia, total três dias. Isto não significa setenta e duas horas, uma vez que parte de um dia ou de uma noite pode ser considerada um todo de acordo com a maneira do V.T.

Mil anos para Deus é como  fosse um dia e um dia como  fosse mil anos. Morto na sexta-feira, um dia = Mil anos, do ano 1 ao ano 1.000. Permaneceu na sepultura no sábado, um dia = mil anos, do ano 1.000 ao ao ano 2.000. Primeiros minutos do terceiro dia, um dia = 1.000 anos, do ano 2.000 ao ano 3.000. Três dias = três milênios.

Ele ressuscitou logo nos primeiros minutos do terceiro dia, que equivalem aos primeiros anos do terceiro milênio, ou seja, nos estamos aos 12 anos do terceiro milênio que equivalem aos 12 minutos do terceiro dia. Então Jesus já pode estar a caminho para buscar sua noiva, mas não para o fim.
Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra. Mateus 12:40
Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.
Mateus 12:40
Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.
Mateus 12:40
Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.
Mateus 12:40
Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.
Mateus 12:40
Mateus 24:14
E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.
Mateus 24:14
E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.
Mateus 24:14

Grande Tribulação,  sete anos de desespero total. A Igreja foi raptada e já está com Jesus. Começa então a Grande Tribulação que durará  sete anos em que  Deus estará tratando com Israel, o povo escolhido. Nós a Igreja não estaremos mais aqui, e sim com Jesus aguardando o término da grande tribulação.

Vinda Triunfante de Jesus em Definitivo, Etapa da volta de Jesus. Jesus virá agora e pisará na terra, ou seja a casa da noiva, a terra. É a manifestação pessoal da sua gloria, majestade e poder. Virá com a agora esposa, a Igreja, e pisara no Monte das Oliveiras.  Será o fim da Grande tribulação e a implantação do Milênio.
Obs. A volta de Jesus se dará em duas Etapas - Na 1ª Etapa, será o Arrebatamento da Igreja nos ares. Jesus virá até as nuvens e a noiva se encontrará com Ele, levada pelo Espirito Santo. O Noivo a recebe e a levará para as bodas. Na 2ª Etapa, após as bodas Jesus virá  com a agora esposa, a Igreja, juntamente com seus santos,  e desta vez pizará na casa da noiva, a terra. Será como o casamento que conhecemos. O noivo sai do altar, vai até ao meio da igreja e  recebe a noiva das mãos de seu pai e a leva para o altar, casan-se, vão para as núpcias e voltam para a casa da noiva e vivem juntos para sempre.

Milênio, após o arrebatamento da igreja, virá  os sete anos da grande tribulação. No final da grande tribulação, virá então Jesus para o julgamento de seus inimigos, estabelecer o seu reino e governar o mundo por por mil anos.  Jesus, ao voltar em seu Aparecimento Glorioso estabelecerá seu reino milenar de paz verdadeira sobre a terra. O Espírito Santo de Deus revelou aos profetas Miquéias e Isaías os detalhes de como será este governo milenar de Jesus Cristo: Miquéias 4:3 "E julgará entre muitos povos, e arbitrará entre nações poderosas e longínquas; e converterão as suas espadas em relhas de arado, e as suas lanças em podadeiras; uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra." Isaías 2:4 "E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear."
 
O Julgamento do Grande Trono Branco, O julgamento do Grande Trono Branco ocorrerá logo ao fim do governo milenar de Jesus Cristo. Este será o julgamento final de todos os seres humanos que morreram, ao longo da história, e os que sobreviveram durante a Tribulação, mas que não aceitaram a Jesus como Senhor e Salvador durante suas vidas. Também será o julgamento final da morte e do inferno

 Eternidade, Veja o que diz em 2ª Pe Cap 3:7 a 13,   "Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam (se reservam) para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios. Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo (extraordinariamente paciente) para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão (desaparecerão) com grande estrondo, e os elementos [materiais do universo], ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas [cada um de vós] vos convém [neste momento] ser em santo trato, e piedade, Aguardando (esperando e trabalhando nesse sentido), e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos [materiais do universo], ardendo, se fundirão. Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça (retidão, libertação do pecado e assentado à direita com Deus)."

Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça.
2 Pedro 3:11-13

Isso será o fim de todas as  coisas ou  fim do mundo conhecido. Dará inicio então o Fim sem fim, a eternidade.

Se é que teríamos condições de imaginar algo parecido? Diríamos que se trata de uma felicidade eterna. Alguns  definem a Eternidade como um dia sem fim de felicidade. Mas não é somente um dia, mas sim um local físico de eterna felicidade. Haverá, então, uma dissolução dos céus e terra atuais no final do Milênio, conforme apontam as escrituras.  Será o Fim sem fim. 

Finalizando, não há como o fim do mundo acontecer antes da Igreja subir - Iminente, antes da Grande Tribulação - sete  anos e antes do Milênio - mil anos. Teremos então, ainda, pelo menos mil e sete anos pela frente. 

Não há outra opção, perseverar até até que a Igreja seja arrebatada. Haverá também salvação durante a Grande tribulação, mas será em tempos angustiosos, tempos em que a perseguição será sem igual..


Vilson
contador de visitas gratis

TelexFree - Um Nome Atraente

Nos próximos dias, provavelmente, o esquema de pirâmcide da TelexFree será desbaratado e seus mentores detidos. É possível que seus bens (visíveis) sejam bloqueados. Mas terá sido em vão para mais de um milhão de pessoas que caíram no mais abrangente golpe financeiro da história do país. Apenas em 2012, o esquema movimentou R$ 300 milhões. Clic Aqui para ler mais...